Mijuez

Queridos amigos,

Vários de vocês – inclusive o meu querido amigo Carlos Farina – mandaram e-mail, pedindo um áudio da flauta mijuez que “Mohamed, o latoeiro” tocava. Pois aqui está!

Percebam que o músico toca o mijuez sem parar para respirar. Ele usa um modo difícil de assimilar que é o da respiração rotativa, se é que podemos chamar assim. Ele aspira pelo nariz e expira pela boca simultaneamente. Notem a bochecha fica cheia de ar.

Beijos e abraços

http://www.youtube.com/watch?v=laSsUttPuOI&feature=related

2 Comentários

2 opiniões sobre “Mijuez

  1. Ahmad Hassan Safatli

    Prezado Prof. Gilberto.

    Tenho uma leve recordação da imagem de seu falecido pai, Al-Rasá’-i, (الله يرحمو) homem de cútis morena, baixa estatura e cabelos ondulados, penteados para trás, de lábios grossos. Era amigo de meu pai, Sheikh Hassan Safatli, lembro dele ter frequentado minha casa.

    Minha mãe, Saada, contava que Al-Rasá’í, tocava a Mijuez trazendo consigo em formação semicircular, homens dançando a Dabkah, desde a loja do também falecido Mustafá Othman, até a porta de nossa casa, na Rua Maia de Lacerda, Estácio de Sá – Rio.

    Pena que todos se foram. Que bons tempos.

    O senhor tem alguma foto do Al-Rasá’í?

    • Estimado prof. Ahmad Safatli,

      Antes de mais nada permita que eu peça desculpas pelo atraso em lhe responder. Fui impedido pelos inúmeros afazeres que se acumularam por aqui.
      .
      Estou admirado de sua memória, Prof. Ahmad Safatli. Realmente, o meu pai corresponde à sua descrição. De fato, ele alegrava as festas tocando o seu mijuez.
      Mas nos últimos anos ele já não podia tocar por lhe faltava o fôlego. Meu pai era um fumante inveterado. Fumou até no hospital, poucos minutos antes de falecer em 1983.
      Falando no seu falecido pai, sheikh Hassan Safatli, Allah yerhamu, se não me falha a memória, por um curto período, ele foi o meu Sheikh instrutor e orientador sobre religião (al Mazhab al Alawi), isso há 58 anos atrás. Mas não pude continuar porque voltamos a Curitiba logo em seguida.
      Tenho algumas fotos do meu pai, o R’sa3i, vou escanear uma ou duas e enviá-las para você.

      Um forte e carinhoso abraço,
      Gilberto Abrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: