OS ALAUÍTAS

Alauíta falcoeiro da década de 1930 com os demais aldeões.

Alauíta falcoeiro da década de 1930 com os demais aldeões.

Muitos leitores têm me perguntado o que difere os alauítas dos demais árabes. Bem, comecemos com o fato de que não existe uma uniformidade étnica entre os árabes. Quando houve os avanços muçulmanos dentro da península arábica e a grande Síria ao norte, os árabes foram se misturando com os povos convertidos, que em si, já eram uma mistura de fenícios, assírios, hebreus, árabes, bizantinos, etc. Portanto, os árabes de hoje não são um grupo puramente racial. São, isto sim, um grupo linguístico.

Os alauítas não fogem à regra dessa mistura. Geralmente eles têm a tez mais clara do que os outros árabes que viviam no deserto. Há uma teoria de que isso se deve ao fato de que eles vivem há mais de mil anos enclausurados nas montanhas e pouco vêem o sol. Outra teoria é de que eles são a mistura dos árabes vindos do deserto com os bizantinos que habitavam o litoral da Síria. Qualquer das duas teorias pode ser a certa. Ou nenhuma delas.

Os homens geralmente usam a hatta (o pano que lhes cobre a cabeça) e o aquel (a corda que prende a hatta) na cor preta. Isso é para indicar o seu eterno luto pelo martírio do Imã Al-Hussein, neto do Profeta.  As mulheres cobrem a cabeça com véus na frente de homens estranhos, mas são um pouco displicentes e deixam, às vezes, aparecer madeixas e mechas de cabelo para sugerir sedução. Usam vestidos floridos e coloridos, ao contrário de outras muçulmanas que são mais sóbrias.

A seita alauíta é um braço do Islã xiita, precisamente dos ismailitas, mas carrega na sua teologia alguma coisa do cristianismo primitivo (anterior ao concílio de Nicéia) e do zoroastrismo. Consideram-se os verdadeiros muçulmanos, oram em mesquitas, mas têm também suas orações secretas, que só os poucos iniciados conhecem, e que são feitas em suas casas. Como os demais muçulmanos, têm o Alcorão como o livro sagrado, mas dão aos capítulos e versículos interpretações esotéricas. Acreditam na reencarnação. Acreditam que todos os bons alauítas se converterão em astros na Via Láctea e ficarão junto a Ali ibn Abi Tálib, o primo e genro do Profeta. Mas os maus alauítas poderão voltar como cristãos ou até como animais.

Mulheres alauítas de Lataquia.Foto do início da década de 1930.

Mais uma foto de população alauíta. Embora a foto tenha sido tirada durante a Segunda Guerra Mundial, pode-se notar a beleza dos rostos das mulheres. Quem sabe se uma dessas duas não é a heroína Yemna?

15 Comentários

15 opiniões sobre “OS ALAUÍTAS

  1. Puxa, adorei seu blog! Abraço, Ana Klein

  2. hermes

    Não seriam os alauítas antigos simpatizantes do Velho da Montanha os Haxixins?

    • Não, Hermes, os Haxxixins desapareceram na história e não têm nada a ver com os Alauítas.
      Os Alauítas são um ramo do Islã Xiita fundado por um xeique dessidente cujo nome é Abu Shu’aib Mohammad ibn Nussair, em 873. Mas a seita for organizada por um seguidor de ibn Nussair. O nome dele era al-Khasibi. Só há registro da morte dele em Alepo, Síria, em 969.

  3. Marcos

    Conforme falamos ao vivo, gostaria de saber o que diferenciava os diversos arabes. Obrigado pelos Alauitas.

    • Prezado Marcos, atualmente os árabes deixaram de ser um grupo étnico, uma vez que, através da expansão islâmica pelo Oriente Médio, eles se misturaram com outros grupos nos ´seculos VII e VIII e formou-se então um grupo linguistico. No aspecto religioso, nem todo árabe é muçulmano, embora a maioria o seja. E a maioria dos muçulmanos não é árabe. Só para te dar um exemplo, a Indonésia é um país muçulmano e sozinha tem quase a população tanto quanto todos os países árabes juntos.

  4. alauítas

    Eles parecem muito com os turcos ottomanos,falta somente colocar aquele chapeu antigo p/caracterizar mais ainda.

    • hehehehe…. Não sidney! Eles são linguisticamente árabes! É claro quando houve a expansão do Islã os árabes vindos da Peninsula Arábica se misturaram com os povos que habitavam as regiões conquistadas e foram formando novas etnias árabes.

  5. Paula

    Olá Gilberto,
    gostaria de saber se os alauítas representam a parcela da sociedade mais enriquecida na Síria.

    • Olá Paula! Os alauítas constituem, majoritariamente, uma sociedade de agricultores e pequenos comerciantes. É verdade também que nas últimas 3 décadas surgiu uma elite econômica e intelectualo formada principalmente por profissionais liberais.

      • ali boudiaf

        é eles fazem o melhor hashish do mundo, talvezso o marrocos pra se equiparar

      • Vc está enganado,Boudiaf! Os alauítas jamais lidaram com hashish ou com qualquer tipo de droga. Sempre estiveram ligados à agricultura e pastoreio.

  6. Olá Gilberto,
    Pelo que pude entender os alauítas odeiam os cristões, como é a população de cristões na Síria, ela é minoria pois parece que eles devem perseguir os cristões.

    • Olá, Marco Antonio!
      Pelo contrário, Marco. Das seitas muçulmanas os alauítas são os que melhor se dão com os cristãos. Presentemente, no conflito da Síria, a maioria dos cristãos, que representam mais ou menos 10% da população, ao redor de 3 milhões, apoiam o presidente Bashar al Assad, que é um muçulmano alauíta. Nas montanhas alauítas existem inúmeras aldeias cristãs ao lado das alauítas e eles se sentem protegidos contra os grupos radicais islâmicos que têm ideologia da al-Qaeda.

  7. Se são um grupo étnico não se sabe, mas é evidente que os homens árabes são peludos, viris, têm nariz grande, feições másculas e pelas fotos e relatos na internet têm provavelmente o pênis mais avantajado que os demais machos caucasianos, inclusive competem com os negros de igual pra igual e são muito mais bonitos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: